Você está em:

Exposição retrata um dos momentos mais importantes da Igreja: Concílio Vaticano II

A Arquidiocese de Belo Horizonte inaugura no próximo dia 11 de outubro, quinta-feira, a Exposição Concílio Vaticano II. Entre os objetos que estarão expostos, o visitante poderá ver um solidéu utilizado pelo Papa João XXIII, um cálice que foi do Papa Paulo VI e um caderno com anotações de dom João Resende Costa, segundo arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, sobre o Concílio Vaticano II.

 

O evento faz parte dos 50 anos de abertura do Concílio, solenemente iniciado pelo Papa João XXIII no dia 11 de outubro de 1962 e concluído pelo Papa Paulo VI no dia 8 de dezembro de 1965. Também marca a celebração dos 20 anos do Catecismo da Igreja Católica e a abertura do Ano da Fé.

 

Realizada no Memorial da Arquidiocese, a Exposição Concílio Vaticano II será inaugurada no próximo dia 11 de outubro, quinta-feira, às 10h. Estará aberta ao grande público no próximo dia 16 de outubro, de segunda a sexta-feira, das 14h às 17h. O Memorial da Arquidiocese fica na Praça Duque de Caxias, 200, bairro Santa Teresa, Belo Horizonte.

 

Algumas fotos da Exposição: