Você está em:

Ex-reitores do Seminário Coração Eucarístico de Jesus são homenageados

Ex-reitores e ex-formadores do Seminário Arquidiocesano Coração Eucarístico de Jesus foram homenageados nesta terça-feira, 7 de maio, no Palácio Cristo Rei. Anfitrião desse momento especial, o arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, lembrou que a homenagem é oportunidade de “reverenciar as pessoas que construíram a história do Seminário Arquidiocesano, que trabalharam com alegria na formação de muitos sacerdotes”.
 

Dom Walmor agradeceu a cada um dos homenageados e pediu para que todos continuem próximos ao Seminário Arquidiocesano Coração Eucarístico de Jesus. Fez referência especial a dom Alberto Taveira, arcebispo de Belém (PA), que foi reitor do Seminário Arquidiocesano e veio do norte do país para participar da solenidade. Dom Walmor também lembrou que a data escolhida para a homenagem marca um momento importante: a celebração dos 54 anos de ordenação episcopal do arcebispo emérito de Belo Horizonte, cardeal dom Serafim Fernandes de Araújo.
 

Em homenagem ao Arcebispo Emérito, que não pôde participar do evento, o padre Joel Maria dos Santos, vice-reitor do Seminário Arquidiocesano Coração Eucarístico de Jesus, leu um texto que destaca o serviço dedicado e o empenho de dom Serafim na história da Arquidiocese de Belo Horizonte. Uma placa em homenagem ao Arcebispo Emérito foi especialmente preparada e posteriormente lhe será entregue.

Atual reitor do Seminário Arquidiocesano Coração Eucarístico de Jesus, padre Nivaldo dos Santos Ferreira entregou uma placa comemorativa aos ex-reitores presentes: dom Alberto Taveira, monsenhor Hélio Ângelo Raso, monsenhor Éder Amantea e padre José Januário. Também foram presenteados os padres formadores e a professora da PUC Minas Ana Lúcia Marçola, que representou os docentes e funcionários empenhados na formação dos seminaristas.
 

Na conclusão da homenagem, dom Alberto Taveira agradeceu o convite e lembrou-se dos tempos de seminarista, contando episódios marcantes do Seminário Arquidiocesano Coração Eucarístico de Jesus. Destacou sua convivência com os ex-reitores e sua caminhada na reitoria do Seminário. Disse que é motivo de grande alegria fazer parte destes 90 anos de história. “Aqui apaixonei pelo trabalho de incentivar as vocações, construí laços de fraternidade com muitos sacerdotes. Uma experiência muito bonita”, concluiu o Arcebispo de Belém.