Você está em:

Estação Galiléia ampliará o amparo aos mais pobres em Ribeirão das Neves

A Arquidiocese de Belo Horizonte e instituições parceiras assinaram neste sábado, 12 de dezembro, protocolo de intenções para construir, em Ribeirão das Neves, a Estação Galiléia – centro de formação integral. O novo espaço ficará na Vila Fátima, espaço da Arquidiocese de Belo Horizonte, em Ribeirão das Neves, onde são realizados trabalhos de inclusão social que beneficiam a população mais pobre.

A Estação Galiléia terá sua infraestrutura totalmente dedicada aos trabalhos que irão beneficiar crianças, adolescentes e suas famílias. Será referência na formação integral, por meio de iniciativas de capacitação profissional, atividades educativas, culturais e artísticas.

Durante a solenidade de assinatura do protocolo de intenções, o arcebispo dom Walmor ressaltou a importância do novo espaço, explicando o significado de seu nome. “Estação é lugar que a todos recebe”, lembrou, acrescentando que Galiléia é a região onde ocorreram os milagres durante a passagem de Cristo na Terra e onde Jesus prometeu se encontrar com seus discípulos após sua ressurreição. O Arcebispo recordou também que a assinatura do protocolo de intenções ocorre em momento importante: Dia de Nossa Senhora de Guadalupe, véspera do início do Jubileu da Misericórdia na Arquidiocese de Belo Horizonte, aniversário da Capital Mineira e de Ribeirão das Neves.

A Estação Galiléia reunirá espaços diversos, como biblioteca, salas, quadra coberta, piscina, teatro de arena, horta e pomar.