Você está em:

Espiritualidade e fé: milhares de jovens peregrinam ao Santuário Basílica da Padroeira de Minas

Em um gesto de fé, que atravessa gerações, milhares de jovens participaram da 24ª Peregrinação da Juventude ao Santuário Basílica Nossa Senhora da Piedade, Padroeira de Minas, nesta quinta-feira, dia 15 de agosto. A Peregrinação, realizada pela Arquidiocese de Belo Horizonte, por meio do Secretariado Arquidiocesano de Juventude (SAJ) , propôs uma reflexão voltada para a importância da preservação da Serra da Piedade, com o tema”Juventude em missão pelo direito à vida” e o lema “Com Maria, peregrinos e agentes da transformação”.

Na edição deste ano,  uma novidade foi o concurso cultural #facopartedajuventudedapiedade, em que os participantes concorrem a prêmios, com fotos tiradas durante a Peregrinação.

A programação iniciou-se às 8h, quando, rezando o terço, a multidão subiu a Serra da Piedade, rumo à Casa da Mãe Piedade, cantando músicas e fazendo suas orações. Às 11h, todos se reuniram na Praça Cardeal Mota,  diante da Ermida da Padroeira, para Celebrar a Eucaristia presidida por dom Vicente Ferreira, bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte e referencial para a juventude.

Nathalia Marques Vieira, coordenadora do grupo Perseverança, da Paróquia São Tiago Maior, bairro São José, em Belo Horizonte, coordenou a participação de mais de 90 adolescentes, com idades entre 9 e 14 anos na Peregrinação. A devoção e a alegria própria da juventude marcaram a caminhada até o topo do Santuário. Foi a primeira peregrinação do grupo, criado em 2018, ao Santuário Basílica Nossa Senhora da Piedade. Para Nathalia, “uma bela experiência religiosa e um momento único de vivência da fé”.

No meio da multidão de jovens, uma senhora de 70 anos, cantava e distribuía sorrisos: era dona Vera Lúcia. Ela conta que acompanhou os filhos, depois os netos e, agora, os bisnetos na Peregrinação. “Não existe idade para ser jovem” –afirmava com um misto de entusiasmo e emoção. Acostumada a visitar o Santuário desde criança, este é um momento singular para dona Vera, que tem especial carinho pela Peregrinação da Juventude, participando todos os anos: “a juventude tem uma alegria especial, quando estou no meio desses jovens, me sinto cheia de energia”.

Dom Vicente, durante a Missa, destacou a beleza singular da juventude: “muitos são os jovens aqui, cada um com suas características e essa multiplicidade de características é a beleza da juventude”. O Bispo lembrou ainda que “a juventude é um dom de grande valor, que precisa ser vivido com alegria, mas com cuidado para não ser desperdiçado “.

Em sua homilia, dom Vicente chamou a tenção para o rompimento da barragem em Brumadinho e suas consequências, convidando todos a refletir sobre a importância de se preservar o meio ambiente. “O jovem valorize a Casa Comum, preservando a natureza para o futuro, além de nossas vidas, pois mais belo presente que recebemos de Deus foi um mundo tão belo para se viver” -“ressaltou o Bispo.

Em um dos momentos mais emocionantes da Celebração, os jovens fizeram um minuto  de silêncio, quando levaram fitas com os nomes das vítimas da tragédia até os pés da imagem de Jesus crucificado, e se comprometeram a rezar por elas e por seus familiares.

Após a Missa, os jovens permaneceram no Santuário, participando de apresentações culturais, organizadas pelas Paróquias da Arquidiocese de Belo Horizonte.