Você está em:

Espaço Criança Esperança: jovens apresentam peça Favela.doc

O Espaço Criança Esperança (ECE) de Belo Horizonte fará a apresentação da peça de teatro Favela.doc, nesta quinta-feira, 15 de dezembro, às 20h, no Grande Teatro do Sesc Palladium (Rua Rio de Janeiro, 1046), em Belo Horizonte. A classificação é livre e a entrada é franca. A retirada dos ingressos será a partir das 18h, sujeito a lotação.
 
Com duração de 60 minutos, a peça conta histórias de lutas e esperanças de moradores de um dos maiores conjuntos de favelas da América Latina, o Aglomerado da Serra, e tem o intuito de mostrar que no morro existem belas histórias de superação, esperança e conquistas. A peça é uma criação dos educadores do próprio Espaço e nasceu de um desafio lançado no final de 2015, para o ano seguinte, montada inteiramente com ideias, textos e músicas das crianças e adolescentes, de maneira a integrar todas as oficinas do projeto.
 
No processo de criação da peça de teatro, foram realizados vários workshops. Na realização dos primeiros, quando foi pedido para que as crianças e adolescentes criassem cenas curtas demonstrando o que tinham vontade de falar por meio da arte, foram levantados diversos temas, como desigualdade social, diversidade cultural, juventude, gênero e preconceito. Diante de todos esses temas, os educadores perceberam algo em comum: as crianças queriam falar sobre o lugar onde moram, queriam falar sobre o meio em que vivem.
 
O Espaço Criança Esperança de Belo Horizonte, realizador do documentário, é uma parceria entre Unesco, Rede Globo, PUC Minas, por meio da Pró-reitoria de Extensão (Proex) e Prefeitura de Belo Horizonte, e tem a missão de ser um centro de atenção em tempo integral que oferece atividades complementares à escola. O Espaço atende mais de mil crianças, adolescentes e jovens.
 
O ECE-BH, um centro de atendimento a crianças e a jovens de baixa renda, é resultado de uma parceria entre a Unesco, instituição vinculada à Organização das Nações Unidas (ONU), PUC Minas, Rede Globo e Prefeitura de Belo Horizonte. Situado no bairro Serra, zona sul da capital mineira, o espaço foi criado há nove anos e atende a 676 crianças e adolescentes em diversas atividades culturais, educacionais e esportivas.