Você está em:

Escola de Teatro da PUC Minas: inauguração de novo prédio

O novo prédio da Escola de Teatro PUC Minas, localizado na unidade Coração Eucarístico, será inaugurado nesta sexta-feira, 9 de agosto, às 17h.

As novas instalações possuem dois espaços para apresentações cênicas, três salas de aula e uma sala para acervo, como figurino e objetos cênicos. Cerca de 200 alunos estão matriculados na escola, que é vinculada à Secretaria de Cultura e Assuntos Comunitários da Universidade. São seis turmas de alunos por semestre, com cursos de processo profissionalizante e de curta duração, tanto para adultos quanto crianças.

Histórico

A experiência teatral na PUC Minas influenciou importantes artistas, críticos e jornalistas. Entre eles Alcione Araújo, Newton Zimmerer, Ronaldo Boschi, Gil Amâncio, Cida Falabella, Chico Aníbal, Iara de Novaes, Elisa Santana, Walmir José e Edmundo de Novaes.

Com a inclusão da disciplina “Teatro”, na década de 1970, nos cursos de Jornalismo, Publicidade e Relações Públicas, foram realizadas algumas montagens pioneiras, com destaque para a criação, por alunos da Faculdade de Comunicação e Artes, do Grupo Teatral Filhos da PUC, em 1983.

Este grupo fez montagens históricas como Tambores na Noite, O senhor Puntila e seu criado Matti, Arena conta Zumbi e Esperando Godot.

A partir de 2000, a PUC, em parceria com a Oficina de Teatro, deu início à oferta de cursos livres de teatro. Também foram desenvolvidas experiências e iniciativas importantes nas áreas de música, literatura e artes plásticas. Em 2005 foi criada a Diretoria de Arte e Cultura (DAC) e em seguida, em 2006, começou a funcionar a Escola de Teatro PUC Minas. Em 2009, foi criada a Secretaria de Cultura e Assuntos Comunitários da Universidade (Secac).