Você está em:

Dom Walmor preside catequese na JMJ

O arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, presidiu catequese para jovens que participam da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), no Rio de Janeiro. Centenas de jovens, de diversos estados brasileiros e nacionalidades, ouviram dom Walmor falar da importância de cultivar no coração a “sede de Deus”.

O momento de catequese foi presidido no Santuário Mariano Schoenstatt, em Vargem Pequena, Zona Oeste do Rio de Janeiro, e concluído com celebração da Eucaristia. Dom Walmor explicou para a juventude presente que “a experiência de Deus não é simplesmente apropriar-se de conceitos, mas abrir corações e mentes para o amor do Pai”.

Essa experiência, conforme o Arcebispo, é como o “alicerce de uma casa”. Sustenta a alegria, a coragem e “desenvolve nossa capacidade de viver a fraternidade”. Dom Walmor convocou os jovens para testemunharem a importância dessa experiência. Lembrou-se do exemplo do Papa Francisco, que na proximidade com os mais humildes, dá testemunho do amor de Deus. Em seguida, lembrou que a fé cristã católica “tem muito a contribuir com um mundo que precisa de novos caminhos, horizontes e cenários”.

Ao concluir a Missa, dom Walmor pediu para os jovens “banharem-se na inesgotável fonte do amor de Deus” e anunciarem, com o dom da juventude, o Evangelho. “Que o Espírito Santo conduza a vida de vocês, concluiu.

A catequese com os jovens integra a programação da JMJ. Cerca de 300 bispos estão presidindo esses momentos, nesta quarta, quinta e sexta, em diversos locais do Rio de Janeiro. Além do arcebispo dom Walmor, estão presidindo momentos de catequese na JMJ os bispos-auxiliares dom Luiz Gonzaga Fechio, dom Wilson Angotti e dom João Justino. Nesta quarta-feira, o encontro teve como tema “Sede de esperança, sede de Deus”. 

 

Clique aqui e veja mais fotos.

 

Mais notícias:

 

Catequese com dom Walmor: jovens falam sobre suas experiências na JMJ

Peregrinos da Arquidiocese de BH já estão no Rio