Você está em:

Dom Walmor inicia o “Projeto Verde” na região da Catedral Cristo Rei

 

O arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, cuidou pessoalmente do plantio de algumas espécies de árvores na região onde está sendo construída a Catedral Cristo Rei, no bairro Juliana, Vetor Norte de Belo Horizonte. O cultivo de algumas espécies de árvores na região, neste Dia Mundial do Meio Ambiente, marca o início do Projeto Verde, conjunto de iniciativas que objetivam garantir a integração da Catedral Cristo Rei aos parâmetros de sustentabilidade. Ao definir o Dia Mundial do Meio Ambiente para iniciar o plantio de árvores na região da Catedral, a Arquidiocese de Belo Horizonte buscou incentivar cada cidadão a cuidar melhor das áreas verdes e a respeitar a natureza.

 

Nesse primeiro momento, 12 mudas foram plantadas, mas o Arcebispo ressaltou que gradualmente novas espécies serão cultivadas na própria Catedral Cristo Rei, em seu jardim e esplanada. “Esse gesto concreto em defesa do meio ambiente vai continuar, com a plantação de novas árvores, jardinagem, arborização, de modo que a Catedral contribua também com essa questão do meio ambiente, despertando no coração de cada um de nós essa grande responsabilidade”, disse dom Walmor. As mudas são de paineiras, oitis e quaresmeiras.

 

Algumas pessoas que passavam pelo local pararam para acompanhar dom Walmor plantar, cuidadosamente, as mudas das árvores. Em um determinando momento, ao cavar a terra, o Arcebispo encontrou uma chave e, em tom descontraído; mas também de convocação, disse que era “para abrir corações e mentes no entendimento da importância da Catedral Cristo Rei”.    

 

Projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer (1907-2012), a Catedral Cristo Rei começou a ser edificada no dia 7 de abril, quando os católicos celebraram o Domingo da Misericórdia. Sede definitiva da Arquidiocese de Belo Horizonte, a Catedral terá capacidade para receber aproximadamente 20 mil fiéis. Sua infraestrutura será dedicada à evangelização e aos trabalhos sociais desenvolvidos pela Igreja Católica, em parceria com outros segmentos da sociedade.  A Catedral está sendo construída por meio da colaboração e  doações de toda a sociedade.

 

 PUC Minas

 

Também para marcar o Dia Mundial do Meio Ambiente, o bispo-auxiliar dom Joaquim Mol, reitor da PUC Minas, plantou três mudas de amoeira no jardim central do campus Coração Eucarístico da Universidade. “Plantar uma árvore significa projetar o futuro. Essa árvore não dará fruto amanhã. Ela precisa de tempo, cuidado, precisa de crescer. Então todo universitário, professor, estudante, precisa entender essa dinâmica pedagógica da natureza: algo que é plantado hoje para dar frutos amanhã, quem sabe até para outras pessoas e não para nós mesmos”, disse o reitor.

 

 

Imprensa:

TV Globo: MGTV 2ª edição

TV Alterosa