Você está em:

Dom Joaquim Mol celebra a Eucaristia no Dia de Finados no Cemitério da Paz

Representantes das comunidades de fé da Paróquia Santa Margarida Maria Alacoque (bairro Jardim Montanhês) organizaram, com dedicação e carinho, a Celebração Eucarística presidida pelo bispo auxiliar dom Joaquim Mol e concelebrada pelo pároco, padre Pierre Ettien, no Cemitério da Paz (bairro Caiçara), pelo Dia de Finados. Muitos fiéis participaram da Missa e, com saudade, mas também com muita esperança, escreveram o nome daqueles que já se foram em pequenos pedaços de papel, colocados junto ao presbitério. Ao longo do dia, durante as seis Missas celebradas no Cemitério da Paz, orações serão especialmente dedicadas aos que foram lembrados com amor e carinho.

Dom Mol, que celebrou a primeira Missa do dia, recordou, durante a homilia, que a fé é fonte “de esperança fundada em Cristo Jesus”. O Bispo explicou que, diante da morte, é normal e humano chorar, sentir tristeza no momento de despedida. Mas sublinhou que, diante da dor, Deus é consolo único, citando Evangelho de Jesus Cristo, segundo São João. Na passagem destacada, Jesus, dirigindo-se à multidão disse: “Todos os que o Pai me confia virão a mim, e quando vierem não os afastarei” (Jo 6, 37).

Na conclusão de sua homilia, dom Mol pediu para que cada fiel ajude a cultivar no coração das crianças e jovens a fé que consola e dá esperança. “Crermos em Deus através de seu filho Jesus é a pérola mais valiosa”, ressaltou o Bispo.

 
Clique aqui e veja a programação de Missas nos cemitérios de BH e Região Metropolitana neste Dia de Finados.

Imprensa:
– Estado de Minas
– O Tempo

VEJA TAMBÉM