Você está em:

Dom João Justino recebe Pálio em Celebração presidida pelo Núncio Apostólico dom Giovanni D’Aniello

Dom João Justino, bispo auxiliar na Arquidiocese de Belo Horizonte no período de 2012 a 2017, foi nomeado pelo Papa Francisco, Arcebispo Coadjutor para a Arquidiocese de Montes Claros. Em 2018, com a renúncia de dom José Alberto Moura por motivo de idade – em conformidade com o Cânon 401 §1º do Código de Direito Canônico – o Papa nomeou dom João Arcebispo.

No dia 3 de agosto, dom João Justino receberá a imposição do Pálio em Celebração presidida por dom Giovanni D’Aniello, Núncio Apostólico no Brasil, às 9h, na Catedral Metropolitana de Nossa Senhora Aparecida, em Montes Claros.

Imposição do Pálio

O pálio – derivado do latim pallium, manto de lã – é uma vestimenta litúrgica usada na Igreja Católica, consistindo de uma faixa de pano de lã branca que é colocada sobre ombros dos Arcebispos.

Este pano representa a ovelha que o pastor carrega nos ombros, assim como fez Cristo com a ovelha perdida. Desta forma podemos dizer que o palio é o símbolo da missão pastoral do bispo. O pálio é também a prerrogativa dos arcebispos metropolitanos, como símbolo de jurisdição em comunhão com a Santa Sé.