Você está em:

Diretor de infraestrutura fala sobre obras da Catedral Cristo Rei

A Avenida Cristiano Machado vai passar por três grandes intervenções urbanas, uma delas em frente ao terreno da Catedral Cristo Rei. No local, será construída uma trincheira, para facilitar o trânsito de veículos e evitar congestionamentos. As obras de mobilidade urbana devem ser entregues antes da Copa do Mundo de 2014. De acordo com o professor Rômulo Albertini Rigueira, diretor de infraestrutura da Sociedade Mineira de Cultura (SMC), as intervenções, no futuro, vão facilitar o acesso à Catedral Cristo Rei. O professor explica que o início da construção da Catedral depende do projeto de mobilidade urbana que está sendo desenvolvido pelo poder público. “É fundamental a compatibilização desses projetos”, avalia.

 

Segundo o professor Rômulo Albertini Rigueira, foi providencial a construção da Catedral Cristo Rei não ter começado, pois o projeto executivo deve estar em sintonia com as obras de mobilidade. O professor acrescenta que, atualmente, as instituições governamentais estão elaborando o projeto da trincheira. “As reuniões de trabalho contam sempre com a participação de representantes da Arquidiocese de Belo Horizonte”, explica.

 

Com a construção da trincheira em frente ao terreno da Catedral, as vias centrais serão destinadas ao chamado trânsito pesado, de veículos que seguem rumo ao centro, ou no sentido Confins. Já as vias laterais serão destinadas ao tráfego local, formado pelos veículos que vão para o bairro Juliana e regiões vizinhas. As obras também preveem a construção de uma alameda, com jardins em frente à Catedral Cristo Rei.

Além da trincheira, estão previstas outras duas intervenções na Avenida Cristiano Machado. Serão erguidos dois viadutos no cruzamento com a Avenida Sebastião de Brito (um em cada sentido do tráfego) e, na interseção com a Avenida Waldomiro Lobo, serão construídas duas trincheiras, além de um viaduto na Avenida Saramenha.