Você está em:

Dia de Finados: programação de Missas e mensagem do Arcebispo

Acompanhe os horários das Missas do Dia de Finados, 2 de novembro, quarta-feira, nos principais cemitérios de Belo Horizonte e Região Metropolitana e também em paróquias e comunidades de fé da Arquidiocese de Belo Horizonte.

Clique aqui para ler a mensagem do arcebispo.

Horários de celebrações:  
 

Belo Horizonte

– Santuário Arquidiocesano de Adoração Perpétua – Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem
Rua Sergipe, 175 – Funcionários. Informações:3222-2361
Missas às 7h, 8h30, 11h e 18h15
Concerto de Finados – Coro e Orquestra Sinfônica Madrigale | Regente: Maestro Arnon – 19h30  

 

– Cemitério da Consolação – Missas 8h, 11h e 16h
Av. Aldemiro Fernandes Torres, 2000 – bairro Jaqueline –  Informações: (31) 3277-5505
 
–  Cemitério Bosque da Esperança – Missas às 8h, 11h e 16h
Av. Aldemiro Fernandes Torres, 1500 – bairro Jaqueline – Informações: (31) 3454-2200

–  Cemitério da Paz Missa às 8h, 10h, 12h, 14h, 16h e 17h30
Missa de 8h presidida por dom Joaquim Mol
Av. Presidente Carlos Luz, 850 – bairro Caiçara – Informações: (31) 3277-8304 e (31) 3277-7199

–  Cemitério da Saudade – Missa às 7h, 9h, 11h, 13h, 15h, 17h
Missa de 17h presidida por dom João Justino
Rua Cametá, 585 – bairro Saudade –  Informações: (31) 3277-5711 e (31) 3277-5712

– Cemitério do Bonfim – Missa às 8h, 10h, 14h e 16h
Missa de 8h presidida por dom Edson Oriolo
Rua Bonfim, 1120 – bairro Bonfim – Informações: (31)3277-6040 e (31)3277-6101

– Paróquia São Tiago Maior
Rua Flor de Morango, 84 – Jardim Inconfidência. Informações: 3412.4257
Missa às 8h 

Contagem

– Cemitério da Glória – Missa às 8h, 10h e 18h
(As missas serão na Comunidade Santa Rita de Cássia, que fica em frente ao Cemitério)
Missa 16h  no Cemitério
Rua Piratininga nº 468 – bairro Bandeirante – Informações: (31) 3396-1833

– Cemitério Parque Renascer – Missa às 10h e 15h
Via Manoel Jacinto Coelho Júnior, 1800 – Chácara Boa Vista – (BR 040 próximo ao Ceasa)
Informações: (31) 3394-4545 e (31) 3503-3503
 
 

Nova Lima

 – 6h30 e 19h – Comunidade N.Sra. do Pilar 

– 19h – Comunidade Nossa Senhora do Rosário

Cemitério Municipal  Rosário – Missas às 7h, 9h, 11h, 14h, 16h 

– Cemitério ParqueMissas às 8h, 10h, 12h, 15h, 17h

Ribeirão das Neves

– Cemitério Senhor da Paz – Santa Matilde – Missas às 7h e 16h
 
– Cemitério Parque Porto Seguro – Porto Seguro – Missas às 9h e 16h
 
– Paróquia Nossa Senhora das Vitórias e Santo Antônio
8h – Comunidade Nossa Senhora das Vitórias (Rosaneves)
 
– Paróquia São Judas Tadeu – San Genaro
8h – Comunidade São Judas Tadeu (San Genaro)
19h30 – Comunidade Nossa Senhora Aparecida (Florença)
 
– Paróquia Sagrada Família de Nazaré
19h30 – Comunidade Menino Jesus (Rosana)
 
– Paróquia Nossa Senhora da Conceição Aparecida
8h –  Comunidade Nossa Senhora Aparecida (Conjunto Liberdade)
19h – Comunidade Sagrado coração de Jesus (Franciscadriangela)
– Paróquia Senhora do Rosário
20h – Comunidade Nossa Senhora do Rosário (Santa Martinha)
 
– Paróquia São Francisco de Assis 
8h – Comunidade São Francisco de Assis (Veneza)
 
 – Paróquia São Paulo Apostolo
8h – Comunidade Santo Antônio (Tijuco)
19h – Comunidade São Geraldo (Vianinha)
– Rede Missionária: Maria Mãe de Jesus (Esmeraldas)
7h30 – Missa no Cemitério Novo 
9h30 – Comunidade São Francisco (São Francisco)

 
 

Santa Luzia

– Cemitério Parque Belo Vale – Missas às 10h e 15h
Av. Adair de Souza,20 – Belo Vale – Santa Luzia
 


Mensagem do arcebispo para o dia de Finados:

Amados e Amadas de Deus, saúde e paz!

A Igreja crê, professa e espera a Vida Nova que o Deus, Pai da misericórdia, nos dá em Jesus Cristo Ressuscitado, o Vencedor da morte. Nossos olhos que choram pela partida de nossos familiares e amigos poderão vislumbrar, pela fé, o despontar da Luz da Vida, que Cristo inaugura por sua Ressurreição. Mesmo desafi ados pela finitude que nos irmana – todos morrem – reafi rmamos: “nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem o presente, nem o futuro, nem as potências, nem a altura, nem a profundeza, nem outra criatura qualquer será capaz de nos separar do amor de Deus, que está no Cristo Jesus, nosso Senhor” (Rm 8,38-39).

 
A fé nos ensina que na morte seremos todos abraçados pelo amor misericordioso de Cristo Jesus. Por isso, somos convocados a contemplar, nesse mistério que celebramos hoje, a bondade do Senhor, que se revela nos muitos sinais de salvação, presentes em nossa história e no decorrer de nossas vidas. Desejo que este dia seja verdadeira oportunidade para renovar a fé na Vida Nova que o Pai nos predestinou a viver, desde a fundação do mundo. Assim, não cessaremos de proclamar ao mundo: “Eu sei que o meu redentor está vivo […] verei a Deus. Eu mesmo o verei, meus olhos o contemplarão” (Jó 19,25-27).

Dom Walmor Oliveira de Azevedo
Arcebispo Metropolitano de Belo Horizonte