Você está em:

Devemos batalhar pela vida, jamais pela morte!

Mais de 70 mil pessoas se reuniram na Praça de São Pedro, no Vaticano, para ouvir  o Papa Francisco na tradicional catequese das quartas-feiras.

O Pontífice mencionou duas notícias dos últimos dias: a morte de crianças na Síria, vítimas de tiros de morteiros,  e as consequências do tufão   que devastou as  Filipinas. “Nesses dias, estamos rezando e unindo as forças para ajudar os nossos irmãos e irmãs das Filipinas. Essas são as verdadeiras batalhas a combater. Pela Vida! Jamais pela morte!”

O Papa chegou à Praça às 9h50, a bordo do seu jipe branco. Por cerca de meia-hora, o Papa Francisco recebeu e retribuiu o carinho dos fiéis abençoando a multidão, beijando as crianças e conversando com os inúmeros grupos.

Aproximadamente  três mil pessoas que sofrem de doenças raras foram recebidas pelo papa Francisco, na audiência geral. O presidente do Pontifício Conselho da Pastoral para os Agentes da Saúde, dom Zygmunt Zimowski, acompanhou o encontro.

Leia aqui a síntese, em português, da catequese do Santo Padre.

Confira ainda o resumo das reflexões do Papa Francisco nas homilias das Missas celebradas por Ele na Casa Santa Marta, situada nas dependências do Estado do Vaticano:

 

 12 de Novembro de 2013
NAS MÃOS SEGURAS DE DEUS

11 de Novembro de 2013
PECADORES SOMOS TODOS, CORRUPTOS NÃO

9 de Novembro de 2013
A ÁGUA QUE CORRE NA IGREJA

8 de Novembro de 2013
HOMILIA DO PAPA EM SANTA MARTA: AS PROPINAS NOS TIRAM A DIGNIDADE

7 de Novembro de 2013
“A ALEGRIA DE DEUS NÃO É A MORTE DO PECADOR, MAS A SUA VIDA” – O PAPA NA MISSA DESTA QUINTA-FEIRA