Você está em:
De novo Ele vem! Vem com simplicidade, paciência e amor para nos ajudar a reaprender a exercer a caridade e a seguir o caminho, a verdade e a vida

De novo Ele vem com poder de salvar, mas com a simplicidade de quem sabe que a quem salvará é humano e, por isso mesmo, frágil e passivo de pecado. Porém, com sua presença Ele o salvará porque feito homem resgatará para o Pai aqueles que haviam caído. Sendo assim Ele se torna Deus-Conosco, Emanuel, cujo desejo é fazer a vontade de quem o enviou para que os homens sejam realmente salvos.

Aos homens, seus irmãos, ele mesmo afirma: “Eu vim para que todos tenham vida e a tenham em plenitude”(Jo 10,10). É ciente de que os homens precisam de sua presença para provar da misericórdia do Pai, do qual se afastaram por causa do pecado da soberba e do desejo de ser Deus. Porém, ao buscar o retorno ao bom convívio com seu Criador, o homem encontra, em Jesus, nascido na simplicidade da manjedoura, essa oportunidade.

 

Anunciado pelos profetas como o Messias, gerado com amor de mãe por Maria, esperado por todos como o ungido do Pai, Jesus ensina aos homens que, ao permanecerem no bem se aproximarão sempre mais da bondade de Deus, que presente na história, derrama seu amor, no desejo de que jamais se percam. Nesse sentido, é possível perceber realmente que “Deus é Amor”, como disse São João. Ele é Amor por opção, pois n’Ele não caberia outra atribuição, a não ser bondade, compaixão e, naturalmente, Amor. Pela bondade de Deus podemos exclamar: De novo Ele vem! E vem com o coração aberto, não com o coração semelhante ao nosso, que às vezes não sabe perdoar, relevar a ofensa e amar.

De novo Ele vem para nos ajudar a nunca deixarmos que o pecado nos domine e nos afaste da proposta inovadora que nos é feita de abrirmo-nos para recebermos Aquele que vem em nome do Pai, para nos permitir também chamá-lo Abba, Ó Pai. De novo Ele vem! Vem com simplicidade, paciência e amor para nos ajudar a reaprender a exercer a caridade com os outros, como Deus fez conosco, e a seguir o caminho, a verdade e a vida. Ele mesmo! Sim, de novo Ele vem!  É Natal!


Pe. Jorge Filho
 Pároco da Paróquia Maria Serva do Senhor