Você está em:

Cultura e cidadania: pilares de evangelização


No centro de acolhida, o incentivo à  criatividade

 

A Paróquia São Sebastião, na Comunidade Católica Villaregia, no bairro Betânia, tem amplo trabalho social que busca a atender as necessidades dos  diversos segmentos da comunidade, especialmente, os mais necessitados.  As atividades relacionadas à evangelização, cultura, saúde e formação cidadã são desenvolvidas no Centro Cultural e Esportivo, no Centro de Acolhida e nas dependências da igreja matriz.

 

O Centro de Acolhida, criado em 1987, atende, anualmente,  225 crianças e adolescentes  que recebem alimentação, apoio pedagógico e  lazer. O trabalho é organizado e realizado por 25 funcionários e 21 voluntários,

Na farmácia da igreja, medicamentos doados pela comunidade são repassados para aqueles que necessitam

  

Para ajudar a manter a obra, é realizado um bazar, mensal, com 15 voluntários,  entre os quais, Toninho e sua  mulher Giselda Aparecida  Nery Nascimento . “Eu e minha esposa fazemos parte dessa equipe de voluntários e do Encontro de Casais com Cristo (ECC) que colabora com doação de alimentos para as crianças. É uma espécie de retribuição, pois realizamos nossos encontros de final de semana no Centro de Acolhida. Sempre que podemos, também promovemos eventos beneficentes em prol da obra.”

 

Toninho e Giselda: dedicação às obras sociais da Paróquia

Também funciona na Paróquia um serviço da Prefeitura que orienta famílias sobre a aquisição da casa próprial.

 

A Pastoral Carcerária é outro projeto importante que  acompanha não só os presos, mas seus familiares. Eles recebem apoio espiritual, jurídico e até material, como a doação de cestas básicas.O serviço conta com a boa vontade de seis voluntários .

 

O Centro Cultural e Esportivo da Paróquia oferece  cursos profissionalizantes, aula de violão, e pré–vestibular

Na mesma linha de atuação, a Pastoral da sobriedade procura ajudar não só os dependentes mas, especialmente, as famílias. É o que revela Giselda Aparecida, que faz parte do grupo.  Segundo ela, na Paróquia também são atendidas famílias e dependentes de outras regiões.  Um grupo dos Alcóolicos Anônimos também se reúne na Casa de Acolhida.

Já a farmácia paroquial recebe doação de medicamentos e os repassa  para a comunidade,  com a supervisão de um farmacêutico voluntário. O horário de funcionamento é de segunda-feira a sábado,  das 9h às 11h.  No mesmo local, há um setor para aluguel de muletas, cadeiras de roda, bengalas e outros equipamentos, por um valor simbólico.

No Centro Cultural e Esportivo da Paróquia São Sebatião, são oferecidos cursos profissionalizantes, aula de violão, e pré–vestibular. Lá também há uma biblioteca aberta a toda comunidade.

 


Crianças da comunidade aprendem vários estilos de dança, entre eles, o balé clássico

 

 


Os jovens têm acesso a danças modernas

 

 As aulas de música reúnem os jovens da comunidade no Centro Cultural

 

 
Adolescentes aprendem técnicas de  preparação para apresentações teatrais