Você está em:

Congregação das Irmãs Auxiliares de Nossa Senhora da Piedade completa 120 anos

O arcebispo metropolitano de Belo Horizonte dom Walmor Oliveira de Azevedo presidiu, na tarde desta terça-feira, 28 de agosto, Missa em Ação de Graças pelos 120 anos da Congregação das Irmãs Auxiliares de Nossa Senhora da Piedade, no Santuário Nossa Senhora da Piedade – Padroeira de Minas Gerais, em Caeté (MG), Região Metropolitana de Belo Horizonte.

A Congregação foi instituída em 1982, mas sua história começou anos antes, em 1867, quando monsenhor Domingos Pinheiro Evangelista fundou o Asilo São Luiz, aos pés da Serra da Piedade. O Asilo acolhia crianças pobres, filhas de escravos libertas pela Lei do Ventre Livre. Era mantido pelo trabalho do monsenhor e da Irmandade Nossa Senhora da Piedade, que também foi fundada pelo sacerdote e cuidava da pequena igreja no alto da Serra da Piedade. Anos mais tarde, um grupo de jovens que cresceu no Asilo escreveu uma carta ao monsenhor, pedindo que fosse criada a Congregação das Irmãs Auxiliares Nossa Senhora da Piedade. No dia 28 de agosto de 1982 nasceu a Congregação, vocacionada para o auxílio às  crianças, aos jovens, aos enfermos e aos idosos, em suas necessidades físicas e espirituais, seguindo o exemplo de ternura da Mãe da Piedade.