Você está em:

Comunidades de fé organizam mobilização de combate ao Aedes Aegypti

A Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem – Santuário Arquidiocesano de Adoração Perpétua (bairro Funcionários) – e a Paróquia Santos Anjos da Guarda (bairro Caiçara) organizam mobilização para combater o mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue e de outras doenças. As ações são gesto concreto a partir da  convocação feita pela Campanha da Fraternidade 2016.

No dia 22, terça-feira da Semana Santa, evangelizadores do Santuário Arquidiocesano de Adoração Perpétua Nossa Senhora da Boa Viagem vão desenvolver um trabalho cristão de formação e conscientização que terá o apoio de alunos de colégios católicos. Após a celebração de Missa, presidida pelo bispo auxiliar dom João Justino, voluntários vão para o Centro de Belo Horizonte conversar com motoristas e pedestres sobre a importância do combate ao mosquito Aedes. Logo depois, será realizado um mutirão de limpeza na Praça da Igreja Nossa Senhora da Boa Viagem.
 
Já neste sábado, dia 19, a equipe de Catequese da Paróquia Santos Anjos da Guarda, juntamente com os Jovenzinhos da Perseverança, o Grupo de Jovens e toda a comunidade vão fazer passeata pelas ruas do bairro. Trata-se também de gesto concreto inspirado na Campanha da Fraternidade 2016. A passeata começa às 15h, em frente à Igreja Matriz.

O grupo Jovenzinhos da Perseverança reúne crianças que já receberam a primeira Eucaristia, mas não podem participar do Grupo de Jovens, por ainda não terem recebido o  sacramento da Crisma.

Programação:

Paróquia Santos Anjos da Guarda
Rua Desembargador Torres, 150 – Caiçara

Dia 19 – Sábado
15h – Passeata partindo da Igreja Matriz

Santuário Arquidiocesano de Adoração Perpétua – Igreja Nossa Senhora da Boa Viagem (Rua Sergipe, 175, bairro Funcionários)

Dia 23 – Terça-feira
7h – Missa presidida por dom João Justino
7h40 – Envio de missionários para as ruas
9h – Mutirão de limpeza da Praça da Igreja Nossa Senhora da Boa Viagem (Rua Sergipe, 175 – bairro Funcionários)
 

Campanha da Fraternidade 2016

Este ano a Campanha é ecumênica e discute a situação do saneamento básico em todo o país. Com tema “Casa comum, nossa responsabilidade” e lema: “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca” (Am 5, 24), a Campanha é coordenada pela Conferência Nacional dos Bispos do brasil (CNBB) e o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (Conic).

 
A cada cinco anos, a Campanha da Fraternidade é realizada de forma ecumênica. A primeira, foi em 2000, e teve como tema “Dignidade humana e paz”, e o lema escolhido foi: “Novo milênio sem exclusões”. A segunda edição, em 2005, falou sobre “Solidariedade e paz”, com o lema: “Felizes os que promovem a paz”. Em 2010, o tema foi “Economia e Vida”, com o lema “Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro”.