Você está em:

CNBB destaca entrevista de dom Walmor sobre o desemprego no País

Para o arcebispo de Belo Horizonte (MG), dom Walmor Oliveira de Azevedo enfrentar essa difícil situação do desemprego sem perder a esperança não é tarefa fácil, mas é preciso ter uma coragem que vem da fé.

“A fé em Jesus e as lições do Mestre são decisivas para que não haja desânimo diante dos mais adversos cenários, o que inclui a atual situação do desemprego. Mas a fé e a esperança constituem, justamente, o ‘ponto de partida’ para que o ser humano consiga se reerguer e encontrar novas oportunidades”.

Os dados apurados pela Pnad Contínua, do IBGE, indicam que população desocupada (13,1 milhões) aumentou 4,4%, ou seja, mais 550 mil pessoas em relação ao trimestre anterior (12,6 milhões). Já em relação ao mesmo trimestre do ano anterior (dez 2016/fev 2017), quando havia 13,5 milhões de desocupados, houve queda (-3,1% ou menos 426 mil pessoas nesta situação). Esses números estão diretamente ligados ao momento difícil que o país vem enfrentando na economia, na política, nos valores éticos e morais.

Segundo dom Walmor, o Brasil pode ser um país mais justo, fraterno e solidário, mas, para isso, necessita de uma profunda reforma cidadã.

Para ler a entrevista completa, clique aqui.