Você está em:

Celebração de Nossa Senhora da Boa Viagem reúne milhares de fiéis

Milhares de fiéis se reuniram em Missa presidida por dom Walmor.

A Padroeira de Belo Horizonte, Nossa Senhora da Boa Viagem, foi homenageada por milhares de fiéis que se reuniram durante Missa presidida por dom Walmor, no Santuário Arquidiocesano de Adoração Perpétua – Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem.

Em sua homilia, o Arcebispo lembrou a origem e razão de Nossa Senhora da Boa Viagem ser a padroeira de Belo Horizonte: “ este Santuário representa o marco zero da Capital mineira, onde, antes de outras edificações, foi erguida uma pequena capela […] que hoje é o Santuário Arquidiocesano de Adoração Perpétua”.

A Celebração começou com uma Procissão Luminosa, quando os fiéis levaram a imagem de Nossa Senhora da Boa Viagem, partindo da Praça da Rodoviária em direção ao Santuário.

Antes do início da Missa, os fiéis tiveram a oportunidade de conhecer a imagem restaurada da Padroeira de Belo Horizonte. A imagem, doada por Francisco Homem Del Rey no século XVIII, representa Nossa Senhora da Boa Viagem, tradicional devoção dos navegantes portugueses. Também foi reinaugurada a capela lateral da Igreja, parte da obra de restauração do templo, prevista para ser encerrada no ano de 2022, quando o Santuário celebra 100 anos. O Arcebispo abençoou a nova Capela, onde a imagem restaurada se encontra.

A imagem original de Nossa Senhora da Boa Viagem, do século XVIII, foi apresentada aos fiéis durante a celebração.

Segundo dom Walmor “em 1922, a Igreja foi concluída para celebrar o centenário da Independência do Brasil e, assim, o processo de restauração prossegue para, em 2022, celebrar esse importante marco”. Padre Marcelo Silva, pároco e reitor do Santuário Arquidiocesano de Adoração Perpétua explica que “atrás das sete camadas de pintura, foi descoberto, durante a restauração, as cores originais da Capela: verde, amarelo e azul, em homenagem à bandeira brasileira.”

Ainda em sua homilia, o Arcebispo falou sobre o dogma da Assunção de Nossa Senhora e lembrou que o povo de Deus precisa “levar a esperança a todos assim como fez Maria. Dom Walmor destacou que a atitude de Maria deve ser exemplo para todos nós.

O Arcebispo finalizou sua homilia dizendo que “precisamos ser capazes de ajudar a fazer deste mundo um lugar melhor, sendo discípulos e discípulas de Cristo”.

Ao final da Celebração, o padre Marcelo Silva, agradeceu aos fiéis e lembrou que a primeira capela de Nossa Senhora da Boa Viagem, construída há mais de 300 anos, é um marco de Belo Horizonte e a Paróquia recorda a importante história da capital mineira.