Você está em:

Cardeal Turkson e bispos estrangeiros visitam Santuário da Padroeira de Minas

O presidente do Conselho Pontifício para a Justiça e a Paz, cardeal Peter Turkson e bispos do Vaticano, Itália, Argentina e Bolívia, que estão em Belo Horizonte participando do Congresso Mundial de Universidades Católicas (CMUC) e da Semana Missionária, foram convidados pelo arcebispo de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, para uma visita ao Santuário Estadual Nossa Senhora da Piedade, na tarde de sexta-feira, dia 19 de julho.

Os religiosos foram recepcionados pela fanfarra da Fundação Educacional de Caeté (FEC). Após o momento de acolhida, seguiram para a Ermida da Padroeira e encontraram cerca de 50 jovens peregrinos de países da África, América do Norte, Ásia e Europa. Eles também estavam visitando o Santuário e se uniram em um belo coral, que apresentou canções em inglês.

Dom Walmor contou aos jovens e religiosos um pouco da história do Santuário, que há mais de dois séculos acolhe romeiros de todas as partes do Brasil e do mundo. “Sempre que recebemos alguém em Belo Horizonte tentamos trazer ao Santuário Nossa Senhora da Piedade. Este local é especial, tem uma história maravilhosa e é um tesouro no coração católico do Brasil. Além disso, que vem ao Santuário da Padroeira de Minas Gerais nunca retorna como chegou, sai sempre modificado” afirma o arcebispo.

Dentro da Ermida, os bispos rezaram a Cnsagração a Nossa Senhora da Piedade. Eles também visitaram todos os espaços do Santuário como a Casa dos Peregrinos Dom Silvério e a Igreja Nova das Romarias e foram surpreendidos pela apresentação do coral Sonoro Despertar, formado por crianças assistidas pelas obras sociais da Paróquia São Marcos, do bairro Maria Goretti. O cardeal Turkon se disse maravilhado com o lugar e destacou seu sentimento diante da beleza do Santuário: “É uma expressão única de espiritualidade”.