Você está em:

Canteiro de obras Catedral Cristo Rei: peregrinos celebram Solenidade de Cristo Rei

 
Mais de duas mil pessoas visitaram o canteiro de obras da Catedral Cristo Rei nesse domingo, 20 de novembro, quando a Igreja Católica, em todo o mundo, celebra a Solenidade de Cristo Rei do Universo e a conclusão do Ano Santo da Misericórdia, convocado pelo Papa Francisco. Na Missa que encerrou a programação do dia, às 15h, celebrada pelo arcebispo dom Walmor, a Tenda Cristo Rei, edificada no canteiro de obras para receber os peregrinos, ficou repleta. Diante das mais de 400 pessoas, o Arcebispo ressaltou a necessidade de se avançar nos trabalhos de edificação da Catedral Cristo Rei, para que se tenha um lugar mais amplo e assim seja possível acolher cada vez mais pessoas. 
 
 
Dom Walmor atribuiu os significativos avanços nos trabalhos de edificação da Catedral aos gestos solidários de muitas pessoas, em especial ao apoio de todos os que participam do Projeto Praça das Famílias. As doações reunidas no Projeto são totalmente investidas nas obras da Catedral e quem participa pode homenagear pessoas especiais – parentes ou amigos -, inscrevendo seus nomes no grande rosário que estará na esplanada da Catedral Cristo Rei – a Praça das Famílias. O Arcebispo afirmou: construir a Catedral é testemunhar a fé, fortalecer a identidade cristã católica no segmento de Jesus, para servir mais na justiça e no amor. 
 
 
Servir, segundo dom Walmor, é justamente a lição que deve ser aprendida por todos na Festa de Cristo Rei. “Jesus mostra a sua realeza ao descer na direção do sofrimento humano, das dificuldades que temos, para nos redimir”, ensina. Durante a homilia, o Arcebispo lembrou que esse domingo também é Dia da Consciência Negra para afirmar que todos devem denunciar e combater o preconceito. Sublinhou também que na Festa de Cristo Rei é celebrado o Dia do Leigo. Por isso, pediu aplausos para os muitos fiéis leigos que na Tenda Cristo Rei participaram da Celebração Eucarística. 
 
 
Emocionada, dona Miris Auxiliadora veio de Ribeirão das Neves para celebrar a Solenidade de Cristo Rei. Do mirante, onde se observa o canteiro de obras, ela disse que está ansiosa para ver a Catedral Cristo Rei edificada. Essa também é a expectativa de Denísia Aparecida, peregrina de Vespasiano. Pela primeira vez ela visitou o canteiro de obras e já planeja voltar. Sobre a Catedral Cristo Rei, Denísia espera que seja lugar para acolher quem vem de longe, em busca de ouvir os ensinamentos de Jesus.  Já a dona Ana Maria Macedo Pereira mora bem perto do local onde está sendo construída a Catedral, no bairro São Bernardo, Região Norte de Belo Horizonte. Ela ressaltou que a Tenda Cristo Rei tem uma programação intensa de celebrações. “Com a conclusão da Catedral Cristo Rei, tenho a certeza de que teremos muito mais”, diz.   
   
 
 
 
Sobre as obras
 
A edificação da Catedral Cristo Rei começou em 2013, com a terraplanagem do terreno. Em seguida, foram erguidos os três pavimentos do setor que receberá a Acolhida Solidária Dom Luciano Mendes de Almeida, lugar que ficará aberto dia e noite, durante 24h, para amparar as pessoas mais pobres, em suas muitas necessidades. Esse setor foi concluído neste ano, com a pavimentação da primeira parte da Praça das Famílias. Para o próximo ano, os trabalhos vão se concentrar na edificação do templo da Catedral, com seus dois pórticos que formam uma escultura de 100m de altura. Para avançar nos trabalhos, a Arquidiocese de Belo Horizonte convida os fiéis a ajudarem via projeto Praça das Famílias. As adesões podem ser feitas pelo telefone (31) 3269-3100 ou internet: www.catedralcristoreibh.com.br
 
Meios de comunicação que realizam cobertura da programação especial
 
TV Globo
 
TV Alterosa
 
TV Horizonte