Você está em:

Canonização: paróquia de Betim homenageia Madre Teresa de Calcutá

O Papa Francisco irá presidir a cerimônia de canonização da Bem-Aventurada Madre Teresa de Calcutá, em comunhão com católicos de todo o mundo, domingo, 4 de setembro, às 10h30 em Roma (5h30 da manhã no Brasil) na Praça de São Pedro.

Na Arquidiocese de Belo Horizonte, a Paróquia Bem-Aventurada Teresa de Calcutá, em Betim, prepara uma programação especial para celebrar a canonização e o Dia da do Padroeira. Centenas de fiéis das seis comunidades de fé da Paróquia, irão participar das celebrações, a partir do dia 2 de setembro.  

Programação:

2 de setembro às 19h – Missa e barraquinhas na Comunidade Santos Anjos da Guarda

3 de setembro às 19h – Missa, barraquinhas e show de talentos na Comunidade Santos Anjos da Guarda

4 de setembro – Dia da Canonização
9h – Celebração da Palavra com as crianças, na Comunidade Santo Antônio
9h – Missa na Comunidade Santo Antônio
19h – Missa, barraquinhas e show de talentos na Comunidade Santos Anjos da Guarda

5 de setembro às 19h30 – Missa na Comunidade Santos Anjos da Guarda, pelo Dia da Padroeira

– Paróquia Bem-Aventurada Teresa de Calcutá
Rua Porto Seguro, 443 – Bairro Campos Elísios – Betim. Informações: 3531-5481

A vida de Madre Teresa

Madre Teresa nasceu em 1910 em Skopje, território albanês, atualmente capital da Macedônia, e morreu em 1997 em Calcutá, na Índia. Anjezë Gonxhe Bojaxhiu recebeu o Prêmio Nobel da Paz em 1979 por sua atuação missionária.

Deixou sua terra natal aos 18 anos, podendo retornar somente décadas mais tarde, quando iniciava a queda do
regime comunista de Enver Hoxha.

 

VEJA TAMBÉM