Você está em:

[Artigo] Memórias de dom José Maria Pires – Padre Daniel C. Antunes, Paróquia São Cristovão-Betim

Falar sobre Dom José Maria Pires não é uma tarefa fácil em razão de sua grandeza. Um homem incansável e zeloso na missão de anunciar o Reino de Deus, e que recordamos com gratidão espepecialmente nesta semana em que celebramos um ano de sua páscoa.

Após sua aposentadoria da Arquidiocese de João Pessoa, fixou morada em Belo Horizonte. Desde então serviu à Arquidiocese de Belo Horizonte.

Na Paróquia São Cristóvão – Betim, Dom José Maria Pires foi uma presença marcante, sempre com disposição e jovialidade nas celebrações do Sacramento da Crisma (sempre duas, uma pela manhã e outra à tarde), celebrações da consciência negra, novenas dos padroeiros.

Sua primeira crisma na Paróquia São Cristóvão – Betim ocorreu em 17 de dezembro de 2000, crismando 163 jovens, com o ainda Pároco padre João Geraldo.  Desde então, a cada ano era presença forte junto à comunidade de fé, cumprindo com dedicação seu Lema Episcopal: “Scientiam Salutis” (A Ciência da Salvação). Expressão que nos recorda a importância da Palavra de Deus no ministério de Dom José Maria Pires e a coerência na escolha deste lema.  Insigne pregador,   chegava com delicadeza ao coração de todos. Nas celebrações de Crisma, a exemplo de tantas outras mais, sua linguagem jovial fazia a Palavra de Deus ressoar como o címbalo.

Mas seu ministério não se limitava a palavras. Dom José Maria Pires foi um extraordinário pastor.  Cuidou, acompanhou e promoveu a Igreja, a sociedade, as comunidades de cultura religiosa e afro-religiosas; criou cooperativas de renda familiar,  sempre com o cuidado e defesa dos mais fracos.

Como definir Dom José Maria Pires? Dom José Maria Pires é o José do Egito das Escrituras (história que ele tinha na ponta da língua) preservado por Deus para ser seu instrumento. Grande homem, que soube guardar o pão e dá-lo aos famintos do caminho.

Nessa memória de Dom José Maria Pires recordo, com carinho e gratidão, os 12 anos (2005-2016) na Paróquia São Cristóvão-Betim em que tive a grata oportunidade de estar junto a ele na celebração da Crisma, e poder me deliciar com sua experiência de vida e de pastor. No ano de sua morte (2017) a crisma já estava agendada. Uma coisa era certa, quando voltávamos da celebração da Crisma da manhã, almoçávamos e depois ele exclamava: “E agora, me arruma uma cama para a oração com São Pedro”. Com imensa gratidão, Dom José Maria Pires, Dom Pelé, faça eternamente sua oração com São Pedro.

Padre Daniel Custodio Antunes
Pároco Paróquia São Cristovão – Betim