Você está em:

Arquidiocese de Belo Horizonte saúda padre da Diocese de Divinópolis nomeado bispo pelo Papa Francisco

O arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, os bispos auxiliares e todo o clero da Arquidiocese de Belo Horizonte cumprimentam o monsenhor Francisco Cota de Oliveira, do clero da diocese de Divinópolis, nomeado bispo auxiliar da Arquidiocese de Curitiba (PR), pedindo que Nossa Senhora da Piedade, Mãe Padroeira de Minas Gerais, abençoe o seu ministério episcopal.

O anúncio da nomeação, foi feito pelo Papa Francisco nesta quarta-feira, dia 7 de junho. Monsenhor Francisco Cota estava atuando como administrador paroquial da Paróquia de Nossa Senhora do Pilar, de Pitangui, e como Ecônomo Auxiliar Diocesano.

Natural de Onça do Pitangui, em Minas Gerais, monsenhor Francisco nasceu no dia 5 de agosto de 1969. Completou seus estudos em filosofia na Pontifícia Universidade Católica de Belo Horizonte (1992-1994) e na mesma cidade estudou teologia no Instituto Dom João Rezende Costa (1995-1998). Ordenado sacerdote no dia 1º de agosto de 1999, já trabalhou por três paróquias da Diocese de Divinópolis.  Atua na causa pela Beatificação do Servo de Deus Padre Libério. Monsenhor Francisco também foi assessor diocesano de Pastoral da Juventude, vigário forâneo das Foranias do Divino Espírito Santo e de Sant’Ana e professor do Seminário Diocesano.