Você está em:

Arquidiocese de Belo Horizonte acolhe mais um grupo de refugiados

A Arquidiocese de Belo Horizonte acolheu na terça-feira, 7 de janeiro, 20 venezuelanas. Este é o quarto grupo amparado pela Casa do Migrante, sendo o primeiro formado apenas por mulheres. No domingo, dia 12, será celebrada Missa de acolhida às 20 refugiadas, no Santuário Arquidiocesano Nossa Senhora da Boa Viagem – Rua Sergipe 175, bairro da Boa Viagem – às 11h. 

Os primeiros venezuelanos chegaram em Belo Horizonte no mês fevereiro de 2019 e foram acolhidos na Casa do Migrante, que promove atendimento emergencial e temporário para refúgio, promoção e inserção social dos migrantes, em função da situação política e social do país vizinho. O projeto oferece alojamento completo, alimentação, material de higiene pessoal, roupas, aulas de português, acompanhamento psicossocial e atividades que proporcionam a inclusão social e encaminhamento para o mercado de trabalho.

Com a Casa do Migrante, a Arquidiocese de BH espera contribuir para a construção de um mundo justo e solidário, onde migrantes e refugiados tenham seus direitos garantidos e suas histórias e identidades respeitadas.