Você está em:

Óbolo de São Pedro: contribuição dos fiéis para a jornada da caridade do Papa

A Igreja Católica no mundo inteiro celebra a jornada da caridade do Papa – a coleta do Óbolo de São Pedro,  quando cada católico é convidado a colaborar com as obras de auxílio do Santo Padre em favor dos mais pobres. A coleta do óbulo é feita por ocasião da solenidade dos apóstolos Pedro e Paulo.
 
As paróquias da Arquidiocese de Belo Horizonte receberão a oferta do Óbolo de São Pedro, durante as Celebrações Eucarísticas deste sábado, dia 30 de junho e domingo, 1º de julho.

A coleta do Óbolo de São Pedro é destinada à prática da caridade e também a manter os serviços da Igreja em todo o mundo. A doação é realizada anualmente pelos católicos, com a finalidade de reunir recursos para a manuntenção das obras sociais e caritativas do  Papa Bento XVI. Essa oferta é a expressão mais significativa da participação dos fiéis nas iniciativas de caridade da Igreja Católica no mundo. Destina-se ainda às obras eclesiais, a iniciativas humanitárias e de promoção social, e também para a sustentação das atividades da Santa Sé.

O Papa, enquanto pastor da Igreja inteira, preocupa-se também com as  necessidades materiais de dioceses pobres, institutos religiosos e fiéis em graves dificuldades (pobres, crianças, idosos, marginalizados, vítimas de guerras e desastres naturais; ajudas particulares a bispos ou dioceses em dificuldades, educação católica, ajuda a refugiados e migrantes).
 
O critério geral que inspira a prática do óbolo remonta à Igreja primitiva:  “a base primeira para a manutenção da Sé Apostólica deve ser constituída pelas ofertas dadas espontaneamente pelos católicos de todo o mundo, e eventualmente também por outras pessoas de boa vontade. Isto corresponde à tradição que tem origem no Evangelho (Lc 10,7) e nos ensinamentos dos Apóstolos” (1 Cor 11,14) – Carta de João Paulo II ao cardeal Secretário de Estado, 20 de Novembro de 1982.
 
É possível contribuir  em qualquer momento, acessando a página do Vaticano.