Você está em:

 

Eis uma misteriosa porta – a porta de uma Igreja!
Ela separa o mundo dos homens para o mundo de Deus.
Ao passar pela porta de uma igreja deixamos a realidade natural, para encontrarmos o mistério de Deus.
 

Ao passar por uma igreja nas idas e vindas de cada dia, passe vagorasamente pela porta e deixe por alguns instantes a realidade externa no exterior… Recolha-se, silencie, entregue ao Senhor o seu dia

No interior de uma igreja, ao qual a porta nos conduz, encontramos: beleza, silêncio, imagens dos santos (os amigos de Deus), uma capela com o Santíssimo sempre a nos esperar, o altar!

Sim, o altar, a peça central de um Templo Sagrado. Nele, em cada Santa Missa, vislumbramos o amor de Deus pelos homens, amor traduzido no pão e no vinho, que transubustanciados, tornam-se corpo e sangue do Senhor para alimentar a todos os seus flhos, a fim de que possam caminhar seguros nas estradas de cada dia!

No interior de uma igreja, ao qual a porta nos conduz, acontecem os diversos sacramentos, em especial o Batismo, a Eucaristia, o Matrimônio – eles, os Sacramentos, sinais sensíveis da graça de Deus!

Ao passar por uma igreja nas idas e vindas de cada dia, passe vagorasamente pela porta e deixe por alguns instantes a realidade externa no exterior… Recolha-se, silencie, entregue ao Senhor o seu dia, suas preocupações, suas alegrias, seu cansaço, sua dúvida, seu temor, seus sonhos, seu futuro, sua vida!

 

E não se esqueça de que no ambiente sagrado de uma igreja, ao qual a porta nos leva, o Senhor estará o acolhendo para simplesmente comunicar sua vida abundante, serenidade e paz!
Certamente ao voltar para o mundo dos homens você poderá ajudá-lo a ser menos humano e mais divino!

 

Dom Abade Filipe da Silva
Mosteiro de São Bento (RJ)