Você está em:

A comunhão entre os cristãos se faz na caminhada

 

Cidade do Vaticano (RV) – “A divisão entre os cristãos fere a Igreja, e fere Cristo”. A firmação é do Papa Francisco, durante a Audiência Geral desta semana. O Santo Padre prosseguiu com sua série de catequeses sobre a Igreja falando sobre os cristãos não católicos.

O Papa Francisco deu uma pausa nos trabalhos sinodais para se encontrar com os milhares de fiéis e peregrinos na Praça São Pedro. Depois de cumprimentar a multidão em festa, o Papa comentou a atitude de muitos católicos diante da divisão na Igreja – uma atitude de resignação e indiferença que provocou no decorrer da história conflitos, sofrimentos e inclusive guerras. “Isso é uma vergonha”, disse.

O Santo Padre explicou que as divisões entre os cristãos, enquanto ferem a Igreja, ferem Cristo, por ser a Igreja, de fato, o corpo que  tem Jesus Cristo como cabeça. “Esta unidade já era ameaçada enquanto Jesus ainda estava entre os seus, e as insídias do mal perduraram ao longo dos milênios”. (Confira, aqui, a síntese da catequese do Papa Francisco).

Leia, ainda, os resumos das reflexões do Papa Francisco nas homilias das Missas celebradas na Casa Santa Marta, situada nas dependências do Estado do Vaticano:

 

9 de outubro
NA ORAÇÃO, O ESPÍRITO SANTO É O DOM MAIOR

 

7 de outubro
SE PERDERMOS A MEMÓRIA

 

7 de Outubro de 2014
RECORDAR NOSSOS PECADOS NA ORAÇÃO É GLORIFICAR DEUS

 

6 de outubro
PAPA FRANCISCO RECORDA AOS PADRES COMO EXERCER A SINODALIDADE – COM CLAREZA E HUMILDADE

 

3 de Outubro de 2014
SALVOS À NOSSA MANEIRA