Você está em:

A arte de reescrever a vida

Livros muito usados têm capas desgastadas, folhas que se soltam devido ao manuseio por muitas pessoas. Quanto mais o tempo passa mais amarelas as folhas ficam. Envelhecimento causado pelo tempo. Cada livro é sempre uma surpresa. Mas nem toda surpresa é agradável. Mas o respeito por todas as surpresas sempre é necessário.

Com o tempo os livros vão ficando velhos e desgastados. Outros permanecem intactos, pois nunca foram abertos. Ninguém teve a curiosidade de conhecê-los. Mas isso não os impede de ficarem velhos. A única diferença é que nunca tiveram seu conteúdo conhecido. Foram impressos, mas nunca foram lidos.

Muitos julgam o livro pela capa. Mas nem sempre a capa revela o conteúdo de um livro. Há livros com capas feias e pouco atraentes, mas cujos conteúdos são de uma riqueza imensa. Outros livros têm belíssimas capas, mas o conteúdo é fútil e pouco aproveitável.

O ser humano é um grande livro escrito pela vida. O estilo literário que trazemos em nossas páginas da vida são os mais variados possíveis. Existem dramas de vida que criaram feridas que nunca foram cicatrizadas. Há belas histórias de amor e tristes conclusões de separações. Existem terríveis contos policiais. Há histórias fictícias que nunca irão acontecer e sonhos que esperam o momento de ganharem vida. Há ainda relatos de superação que podem ajudar outras pessoas a se reerguerem após as quedas da jornada existencial. Cada vida é uma história e cada história um livro que escrevemos nas páginas de nosso coração.
 

A vida não nos permite arrancarmos as páginas de nosso livro da vida, mas ela permite que reescrevamos frases de um tempo novo que se chama hoje

Muitas pessoas escreveram suas histórias de modo triste. Rabiscaram frases corretas e apagaram páginas de felicidade. Outros apagaram os erros e reescreveram novas frases de esperança. Nas páginas da história da vida muitos tem enriquecido o vocabulário de seus textos com valores que sempre serão eternos.

Há histórias inacabadas que ficaram pela metade. Em cada alma encontramos um livro diferente. Aprender a ler a vida de cada pessoa com amor é um ato humano de olhar o livro além das capas que desenharam. O respeito e o carinho pelas frases ilegíveis das imperfeições da escrita de cada ser humano é um abraço de misericórdia em histórias mal concluídas.

Quando a pecadora ia ser apedrejada, Jesus não ficou preso à capa daquela história que lhe contavam. Ele sabia que nas linhas tortas e na letra ilegível daquelas páginas mal escritas existia o arrependimento de não ter acertado as lições da vida. Enquanto todos julgavam o livro pela capa, Ele preferiu ler as entrelinhas daquela alma. E foi na leitura amorosa do perdão que Jesus mostrou que aquela história que tinha uma capa maltratada pelo tempo poderia ser reescrita de modo correto.

Jesus olhou para aqueles que desejavam por fim àquela história e lhes mostrou que as histórias de cada vida eram tão mal escritas quanto às daquele livro que estava prestes a ser apagado da história. Quando todos olharam para suas belas capas de perfeição descobriram o conteúdo mal redigido de suas vidas.

Foi o amor de Jesus que deu a pecadora a chance de reescrever novos parágrafos de uma vida que havia sido lida apenas pela capa que trazia consigo. Ao olhar para as páginas que ela mesma tinha escrito, pode perceber que a borracha do perdão divino havia apagado os erros da caligrafia de uma vida de imperfeições. Com as páginas novas de possibilidades aquela mulher voltou para casa com a esperança de fazer de sua vida um poema de felicidade.

Aquilo que escrevemos nas páginas de nossa história pode não ter sido tão bonito como havíamos sonhado. A vida não nos permite arrancarmos as páginas de nosso livro da vida, mas ela permite que reescrevamos frases de um tempo novo que se chama hoje.

Cada novo dia nos oferece uma nova página para escrevermos histórias que serão eternizadas no coração de Deus. Nas linhas da vida, Deus nos oferece a borracha do perdão que apaga os erros de frases mal escritas. Muitos podem olhar para a capa de seus erros, mas Deus olha para aquilo que você ainda vai escrever. A mais bela história da vida é escrita com as tintas do amor de Deus. As frases de uma vida nova começam com novos parágrafos que escrevemos em nossa alma.


Pe. Flávio Sobreiro