Você está em:

Dom Walmor e bispos auxiliares da Arquidiocese de BH participam da 56ª Assembleia Geral da CNBB

O arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, dom Walmor, e os bispos auxiliares -dom Joaquim Mol, dom Edson Oriolo, dom Geovane Luís da Silva, dom Otacílio de Lacerda, dom Vicente Ferreira – estão reunidos com bispos de todo o país estão, a partir de hoje, na 56a Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O Centro de Eventos Padre Vítor Coelho de Almeida, no pátio do Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida recebe o episcopado brasileiro que conta, atualmente, com mais de 300 bispos. Todo o trabalho de preparação para o encontro foi realizado sob a coordenação do secretário-geral, dom Leonardo Steiner, que será substituído no comando da reunião por dom Esmeraldo Farias, bispo auxiliar de São Luís (MA).

O tema central da assembleia é “Diretrizes para a Formação dos Presbíteros da Igreja no Brasil”. Além desse assunto, os bispos vão trabalhar vários outros temas. Entre eles, estão: Texto sobre novas comunidades, Estatutos da CNBB, Pensando o Brasil: Estado laico, Ano do Laicato, Sínodo da Pan-Amazônia e indicações para as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE) que serão renovadas em 2019.

Agenda do dia

Além da Missa e da abertura solene, transmitidas pelas TVs de inspiração católica, os bispos se ocuparão nesta quarta-feira, 11 de abril, com algumas tarefas estatutárias antes de começarem os debates. A principal destas tarefas será a apresentação do relatório da presidência sobre as atividades desde a última assembleia geral, em maio do ano passado. O Cardeal Sérgio da Rocha vai apresentar aos bispos os principais encontros e pronunciamentos da Conferência no último ano.

Consta ainda das tarefas do dia apresentação de uma análise de conjuntura eclesial e os primeiros informes sobre os próximos sínodos: dos jovens e da Pan-Amazônia.